A crosta láctea

Introdução

Desde as primeiras semanas de vida, os bebés podem apresentar no couro cabeludo ou na testa pequenas placas amareladas, oleosas ao toque. Trata-se de “crosta láctea”, que apesar do nome não tem nenhuma relação com o leite: surge devido a uma secreção excessiva de sebo, que agarra as células mortas à superfície da pele até formar uma placa. A crosta láctea também não tem qualquer relação com uma higiene incorreta.
Esta perturbação afeta dois terços dos bebés e é totalmente benigna. No entanto, a crosta láctea é inestética e pode ocorrer a colonização por bactérias ou micoses: por isso siga os nossos conselhos para limpar a pele do seu bebé!

> Prevenir a crosta láctea
> Tratar a crosta láctea

 

Comente este artigo

Partilhar a minha lista de cuidados